Pular para o conteúdo principal

Viagem com bebê menor de 3 meses


A Clarinha, que tem apenas 2 meses, só neste verão já foi 2 vezes à praia e 2 vezes ao interior do Estado.

A primeira viagem foi ao interior do Estado, eu e meu marido temos família, para passar o Natal. Nesta época, ela tinha menos de 1 mês. Depois, com 40 dias de vida, a levamos para a praia, com 1 mês e meio para o interior de novo e com 2 meses a levamos novamente para a praia. 

Neste post, vou compartilhar com vocês as minhas experiências nas viagens com um bebê tão pequeno, já que há várias particularidades a se levar em conta em relação a um bebê maior (+ de 4meses), como por exemplo:

* Não pode passar protetor solar nem repelente num bebê desta idade. Isso significa que você deverá evitar o sol forte e andar com uma telinha para protege-lo dos insetos;

* Sol só é permitido bem cedinho (até as 9 AM) ou no final da tarde (após as 16h). Fora destes horários, o bebê deve ficar dentro de casa ou em sombra fresca e arejada (nem pensar em colocá-lo embaixo da sombra quente de um guarda sol ou gazebo na praia);

* Nem pensar em colocar o bebê nas águas da piscina ou do mar. A pele do bebê nesta fase é muito sensível para suportar o cloro e o alto teor de sal do mar. Isso sem contar na sujeira!

* Nada de colocar o bebê com esta idade na areia. Passeos na praia só no colo ou no carrinho!

* Se o bebê ainda não tomou aquela batelada de vacinas que são dadas no 2 mês de vida, você ainda terá que tomar o cuidado de não passear com ele em locais públicos FECHADOS, como shoppings por exemplo. 

Seguindo a risca todas estas recomendações acima, consegui viajar com a Clarinha e ainda curtir muito com a família!

Vou contar como fiz:

Preparação:




Pesquise muito bem a infra-estrutura do local, assim você só leva o essencial e também curte muito mais a viagem!
O essencial na mala, além do telefone do seu pediatra para caso você tenha qualquer duvida, é sempre importante levar os remédios básicos para febre, dor, gases que seu bebê já está habituado a usar.
Estes são os remedinhos que a Clara esta acostumada a tomar e foram todos receitados pelo pediatra dela. Peça ao seu pediatra quais são os remédios indicados ao seu bebê, podem ser totalmente diferentes! 

Levava 2 trocas de roupa por dia, roupinhas de praia (só para charme, já que ela não entra na água), roupas de cama, paninhos de boca, fraldinhas para cobrir o carrinho e deixar o bebê mais confortável do suor, neste verão levei uma mantinha leve, toalha, kit banho, kit higiene e trocador (desses que você pode levar nos lugares).

No meu caso, que tenho muito leite, a primeira viagem a praia sofri por não ter levado a minha bomba de leite da Medela. Não sei se é impressão, mas os seios pareciam produzir muito mais leite com o calor e, por sorte, meus seios não empedraram.
Medela Swing


Para amamentar em público, no meu caso, sempre levava a capa de amamentação. Para as mamães que amamentam, é importante usar um protetor de seios de algodão dentro do biquini, para evitar "acidentes" em público.

Calculei em torno de 8 fraldas por dia para as trocas nesta fase. Sempre sobrava!

Nem pense em esquecer: Carrinho de bebê, babá eletrônica (se tiver) e banheira.

Dica: para não precisar ficar esterilizando os itens na panela com água fervendo, eu levei 1 deste saquinho da Munchkin que esteriliza no microondas. Ele pode ser usado 20 vezes. 



Deslocamento:

Nestas viagens fomos de carro, então eu a acomodava no bebê conforto (certifique-se da correta instalação do mesmo. Nesta fase, a cadeirinha deve ficar virada para o banco). Meu marido ia dirigindo e eu atrás para ficar de olho na nossa princesinha. Sempre levava uma mamadeira (com leite materno extraído com a bomba Medela Swing), em bolsa térmica com saquinhos de gelo, para caso ela tivesse fome. Assim não precisávamos parar para eu amamentar e nem era necessário tirá-la da cadeirinha. 
OBS: quando descer ou subir a Serra do Mar, sempre coloque uma chupeta nela ou a amamente, evitando dores de ouvido.



Acomodações para dormir: 

Até o primeiro mês de vida, a Clarinha dormia super bem no Moisés. Então nesta fase, levei a roupa de cama dela para o Moisés e sempre o cobria com o mosquiteiro. 
Com um mês e meio a Clara  a rejeitar o Moisés, pois este ficou muito pequeno e desconfortável para ela. Então comprei um berço camping (ver detalhes neste POST) desmontável, que também cubro com o mosquiteiro que já veio com o berço. Para maior conforto, adiciono um colchonete adicional dentro do berço camping e coloco alguns objetos de apego dela para que ela se sinta "em casa". 

Bares/ restaurantes/ casa de amigos e familiares:

Quando viajamos para o interior, fomos á locais abertos com a Clara e na casa de familiares e amigos. Para garantir que a Clara ficasse o maior tempo possível de "bom humor", sempre antes de sair eu a amamentava e a trocava. Extraia leite e colocava na mamadeira, armazenando-a em bolsa térmica com saquinhos de gelo para quando batesse aquela fome nela e eu estivesse em uma situação complicada para amamentar. Se fosse em restaurante ou casa de amigos, pedia para que guardasse a mamadeira na geladeira e, quando ela fosse tomar, que aquecesse em banho Maria. Alguns restaurantes faziam isso, outros não. 

Importante sempre optar por locais com boa ventilação, sombra, fresco, de preferência aberto (ao ar livre) e com boa infra-estrutura, assim vc consegue amamenta-la e nem usar a mamadeira. Como nem todos os locais são assim, eu sempre levava a mamadeira extra por precaução. 

Sempre deve-se levar o carrinho, pois o bebê deve ter um lugar confortável para dormir a hora que bater o soninho. Nesse caso, se tiver em casa de amigos, leve o carrinho para um local calmo, instale a baba eletrônica e fique monitorando. Eu sempre levo fita adesiva para colocar a bava eletrônica no carrinho ou onde tiver que instala-la de improviso.

Praia e piscina:

Como disse acima, sol só é permitido bem cedinho (até as 9 AM) ou no final da tarde (após as 16h). Fora destes horários, o bebê deve ficar dentro de casa ou em sombra fresca e arejada (nem pensar em colocá-lo embaixo da sombra quente de um guarda sol ou gazebo na praia).

Quando fomos á praia, ficamos em um condomínio bem no meio da Mata Atlantica, que garantia sombras enormes de mata nativa e um clima super fresco (mesmo neste verão que foi um dos verões mais quentes da história)! O condomínio tinha uma piscina toda cercada por estas árvores enormes e nativas, então essas sombras enormes muitas vezes eram mais fresquinhas do que dentro da própria casa. Como disse, pesquisar a infra-estrutura do local é o principal fator para que você curta bem a viagem! Com a infra que tivemos, conseguíamos deixar a Clara no carrinho de bebê bem embaixo de uma destas sobras arejadas e fresca, com o mosquiteiro, é óbvio! Colocamos também, no carrinho, um colchaozinho coberto por uma fraldinha para dar mais conforto a ela.
Este condomínio fica em Juquehy, litoral norte de São Paulo.









Passeio no Shopping Juquehy, sem entrar nas lojas. O shopping é ao ar livre


Quando queríamos ir para a praia, ou íamos nos periodos de sol fraquinho ou achávamos um local pé na areia (restaurante de apoio) que fosse bastante fresquinho, com sombra, ventilação e infra-estrutura.
Nas fotos abaixo, achamos um local quase PERFEITO (o que não era perfeito adaptamos) para passar o dia todo com bebês. Na praia de Cambury, litoral norte de São Paulo e pertinho da onde estávamos instalados (Juquehy), ficamos num restaurante simplesmente MARAVILHOSO, chamado restaurante Pirangueira.

Lá passamos o dia todo, por dois dias, curtindo uma vista maravilhosa, com muita sombra, brisa fresca do mar e comes e bebes dos deuses. O local é tranqüilo de dia de semana, então por mais que não tivesse trocador, conseguimos uma mesa extra e adaptamos com o enxoval que levo em todos os lugares da Clarinha (mala tem trocador, fralda, lenço umedecido - só uso quando saio de casa, paninho de boca e pomada anti assadura).
Unico ponto de atenção é que não há ducha no local. Mas improvisamos, usando a mangueira de regar as plantas do local, rsrs
Olha as fotos que show! Eu, maridão e Clarinha passamos dias maravilhosos, respeitando as rotinas e cuidados que um bebê nesta fase da vida merecem.

As fotos abaixo são todas dos momentos que passamos neste restaurante.

Restaurante Pitangueira

Caipiroska de Amora - Sensacional!

Quando a Clarinha acordava irritada, e abria o berreiro para pegar o seio, eu recorria a minha mamadeira com leite materno que sempre levo a tiracolo
O trocador improvisado: Com esta vista, tenho certeza que melhor não há, rsrs








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pão Dukan feito na Panificadora Britania

Ola Fashionistas!
Continuo navegando firme e forte na fase Cruzeiro da Dieta Dukan...Como vocês viram o resultado é inspirador e rápido (link). Esta fase admite pouquíssimos carboidratos, como o farelo de aveia, que nos permite inovar em alguns aspectos...Estes dias morri de vontade de comer pão...Procurei no Oráculo (leia-se GOOGLE), mas só vi receitas de Pão Dukan Unitário ou de Forno, nenhuma na maquininha de fazer pão.
Como ganhei de casamento uma Panificadora Britania (foto), resolvi alterar a receita de Pão Integral que vem no manual da máquina, trocndo por ingredientes permitidos pelo Dr. Dukan. Como o pãozinho ficou M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O, resolvi dividir a receitinha com vocês!



Receita original (do manual) - NÃO SERVE PARA DIETA DUKAN


ALTERAÇÃO DA RECEITA: Pão Integral Dukan (Para fazer na Panificadora Britania)

Para 600g de pão

Ingredientes:

·        1 copo de leite desnatado com 1 ovo inteiro dentro

·        1 colher de CHÁ de sal (cuidado: Meu marido colocou uma vez 1 colher de …

Enxoval bebê nos EUA: Orlando (agora com lista completa em Excel para download)

Bom gente, mais uma vez dei uma "sumidinha", pois estava viajando (delicia)...Fui para Orlando fazer o enxoval da Clarinha e vou contar aqui no blog em detalhes o que vi e o que valeu a pena.
Fiquei por lá 5 dias, foi uma delicia e uma verdadeira maratona, vocês não imaginam o quanto...Afinal, estou a 1 semana de completar 7 meses de gravidez e o pic cai muito nesta fase! Bom, vamos lá: Tudo começou com a escolha da cidade. Por que Orlando? No meu caso, o que mais pesou na decisão foi o fato de lá haver várias lojas especializadas em coisas de bebê, como a Macrobaby e Baby R us, que facilita muito a compra, uma vez que você acha tudo no mesmo lugar. A Macrobaby, por exemplo, apesar de um pouco mais cara, tem vendedoras que falam português e possui todas as marcas de carrinhos de bebê lá para você ver e testar. Com estas facilidades, eu consegui comprar tudo em 2 dias, me restando 3 dias de férias para passear nos parques!

Vale a pena fazer enxoval lá fora? Para isso, preparei …

DIY: Cole lindas pastilhas de vidro facilmente sobre seus azulejos, sem quebradeira e sujeira!

Como mencionei aqui no blog, acabaram de entregar as chaves do meu novo apto, o que significa que estou muito envolvida com decoração e design de interiores! Estamos fazendo varias modificações no apto, de forma a mudarmos com ele do jeitinho que eu e meu marido queremos!
As incorporadoras costumam a entregar os apartamentos com as áreas molhadas (cozinha, banheiros e varanda) já com pisos e azulejos. Como já estamos fazendo muitas modificações no apto e queremos nos mudar logo, resolvi evitar mais um item de reforma e quebradeiras, apesar de querer muito dar um toque especial e de cor a estas áreas! Pensei em azulejos adesivos, pastilhas adesivas, mas na verdade o que eu queria mesmo era o brilho sem igual que as pastilhas de vidro proporcionam!!
Quando fui ver as pastilhas adesivas para comprar (estava decidida a não quebrar mais uma área da minha casa), me apresentaram o Afix, um adesivo de altíssima resistência que permite que você mesma cole as pastilhas de vidro sobre o azulejo…