Pular para o conteúdo principal

Por que nem todas as mamães tem direito a 6 meses de licença maternidade?

Depois que engravidei, me deparei com situações que não havia reparado antes. Uma delas é: Por que é que nem todas as mamães CLT tem o direito de ficar 6 meses com seu bebê, garantindo a amamentação nesta fase tão crucial da vida, se todos são iguais perante a lei e estamos sob o mesmo regime de contratação??

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, o aleitamento materno durante este período aumenta a imunidade da criança e previne doenças: “O cérebro do bebê cresce nos primeiros seis meses de nascido numa velocidade muito maior do que em outros meses e a criança que tem acesso à amamentação, recebe nesse período todos os nutrientes que contribuem para a sua imunidade, sobretudo nos primeiros dois anos de vida. Isso é uma prevenção de problemas futuros que faz com que a mãe tenha mais proteção, segurança e respeito”.

Para as servidoras públicas federais a medida de 6 meses de licença-maternidade é obrigatória e passou a valer após a publicação da Lei nº 11. 770, de 2008, sendo facultativa para as empresas privadas. As empresas que aderem a esta licença recebem do governo federal, por meio de um programa, o título de “empresa cidadã” e, nesse caso, os quatro primeiros meses de licença da mulher continuam sendo pagos pelo INSS. Os 60 dias adicionais são pagos pela empresa, que poderá deduzir de seu Imposto de Renda. Na prática, a empresa não tem custo algum. Mesmo fazendo desta necessidade pública um produto,  apenas 1% das empresas privadas aderiram ao programa!

Diante desta situação, começou a tramitar um novo projeto de lei, ampliando a licença maternidade de 120 dias para 180 dias à TODAS AS TRABALHADORAS CLT. Este projeto de lei já foi aprovado em 1ª instancia em 2010, depois em 2012 pelo Senado, mas o projeto ainda deve ser aprovado em mais uma instancia para valer para 100% das mamães! Contudo,  isso esta parado a tanto tempo devido aos custos que gerariam aos cofres públicos, cerca de R$1,6bi extras, valor que parece alto, mas nem tanto quando olhado de forma estatística: 1% da arrecadação do INSS. Pessoal 1% da arrecadação do INSS para garantir o desenvolvimento adequado de nossas crianças não parece tanto! Qual o percentual da Arrecadação Publica total que vai pelo ralo através da Corrupção?

Muitas mães, vendo tal situação, abandonam os seus direitos de igualdade no mercado de trabalho, conquistados com tanto afinco, para poder garantir o desenvolvimento correto de seus bebês. Isso não me parece nada justo!

Injusto também só algumas ter direitos e tais privilégios! Todas somos cidadãs iguais, pagamos impostos da mesma forma! Como mencionei, hoje apenas 1% das empresas privadas optaram pelo empresa-cidadã e é obvio o descaso que o setor privado tem por este assunto, apesar de grande parte dos custos incorridos durante a licença maternidade ser do INSS e não das empresas!

Como esta luta parece um grito no vácuo, para que não se passem 10 anos e isso ainda seja um PROJETO de lei, resolvi fazer a minha parte, informando nas redes sociais o que esta acontecendo!

Postei semana passada no Facebook um post sobre isso e, em menos de 24h, tive 4000 compartilhamentos, mostrando como juntos poderemos reverter esta situação! Este foi o post

Neste post, uma das mamães me disse que está rolando dois abaixo assinados pela causa:



Se você também acredita nisso, ajude a compartilhar! Assinem os abaixo assinados!


Toda mãe quer ter o direito de viver a maternidade nos primeiros seis meses de vida do seu bebê”: Pela igualdade de direitos para gravidas, com licença de 180 dias. Isso não deve ser um privilégio de alguns, mas sim direito de TODAS AS CIDADÃS trabalhadoras. 




Comentários

  1. Que ridículo isso! Acho que todas deveriam ter os direitos iguais, até nesse caso!

    Beijos,
    Caroline, do Criticando por Aí.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Dê sua opinião!!

Postagens mais visitadas deste blog

Pão Dukan feito na Panificadora Britania

Ola Fashionistas!
Continuo navegando firme e forte na fase Cruzeiro da Dieta Dukan...Como vocês viram o resultado é inspirador e rápido (link). Esta fase admite pouquíssimos carboidratos, como o farelo de aveia, que nos permite inovar em alguns aspectos...Estes dias morri de vontade de comer pão...Procurei no Oráculo (leia-se GOOGLE), mas só vi receitas de Pão Dukan Unitário ou de Forno, nenhuma na maquininha de fazer pão.
Como ganhei de casamento uma Panificadora Britania (foto), resolvi alterar a receita de Pão Integral que vem no manual da máquina, trocndo por ingredientes permitidos pelo Dr. Dukan. Como o pãozinho ficou M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O, resolvi dividir a receitinha com vocês!



Receita original (do manual) - NÃO SERVE PARA DIETA DUKAN


ALTERAÇÃO DA RECEITA: Pão Integral Dukan (Para fazer na Panificadora Britania)

Para 600g de pão

Ingredientes:

·        1 copo de leite desnatado com 1 ovo inteiro dentro

·        1 colher de CHÁ de sal (cuidado: Meu marido colocou uma vez 1 colher de …

Enxoval bebê nos EUA: Orlando (agora com lista completa em Excel para download)

Bom gente, mais uma vez dei uma "sumidinha", pois estava viajando (delicia)...Fui para Orlando fazer o enxoval da Clarinha e vou contar aqui no blog em detalhes o que vi e o que valeu a pena.
Fiquei por lá 5 dias, foi uma delicia e uma verdadeira maratona, vocês não imaginam o quanto...Afinal, estou a 1 semana de completar 7 meses de gravidez e o pic cai muito nesta fase! Bom, vamos lá: Tudo começou com a escolha da cidade. Por que Orlando? No meu caso, o que mais pesou na decisão foi o fato de lá haver várias lojas especializadas em coisas de bebê, como a Macrobaby e Baby R us, que facilita muito a compra, uma vez que você acha tudo no mesmo lugar. A Macrobaby, por exemplo, apesar de um pouco mais cara, tem vendedoras que falam português e possui todas as marcas de carrinhos de bebê lá para você ver e testar. Com estas facilidades, eu consegui comprar tudo em 2 dias, me restando 3 dias de férias para passear nos parques!

Vale a pena fazer enxoval lá fora? Para isso, preparei …

A Anfitriã Perfeita

Ter pessoas na sua casa é um prazer, mas também é uma arte que precisa ser dominada. Porém, com alguma organização, planejamento e preparo é possível pegar alguns atalhos e ser mestre na arte de receber amigos com rapidez.Selecionamos três tipos de festa para você se inspirar, preparar refeições gostosas e criar um clima agradável.Encontro de Amigas


Para receber as amigas em casa, aposte em decorações femininas, principalmente à mesa. Use elementos fofos, como tons pastel, flores e laços de fita. Sirva coquetéis docinhos e um sorvete caseiro refrescante para acompanhar.



Open House

Para comemorar uma nova casa, convide seus amigos mais próximos. Sirva petiscos e bebidas prontas para ter praticidade e facilidade. A vantagem desse tipo de festa é que, com a quantidade e variedade certa de alimentos, a mesa ficará bem colorida e dispensará outras decorações.
Jantar Romântico
Para criar uma atmosfera romântica em um jantar apaixonado, abuse do vermelho. A cor mais romântica pode estar presente …